O Blog de Luis Silva

 

                       Membro da Sociedade Portuguesa de Blogs

Mantorras resolve! Daqui a duas jornadas já podemos dizer "HABEMUS CAMPEONATO"

cineblog .

2004-09-06

 

Crianças abandonadas nos hospitais, como quem abandona cães

Crianças vítimas de maus tratos recebem alta clínica mas não encontram familiares à espera...
Abandonadas nos hospitais. Há crianças vítimas de maus tratos em Portugal que, uma vez hospitalizadas, se vêem forçadas a continuar internadas, já que ninguém aparece para as reclamar. Este abandono atinge sobretudo menores oriundos de famílias carenciadas ou portadoras de doenças crónicas...


O número de crianças vítimas de maus tratos “abandonadas” em hospitais está a aumentar em Portugal, obrigando os menores a internamentos prolongados sem justificação clínica. Estão a aumentar nitidamente os casos de crianças maltratadas que dão entrada no hospital e que ficam internadas após a alta clínica por a família não ter condições para as receber de volta. Não é um problema novo, mas aumentou exponencialmente no último ano, com a entrada de muitos imigrantes que vieram construir a Ponte Vasco da Gama e posteriormente os estádios, disse a directora do serviço de pediatria do Hospital Amadora-Sintra. Acabaram as obras públicas e os imigrantes foram ficando e vivem em condições sócio-económicas muito precárias. Mas não é só a nível da imigração que o problema se põe, já que mesmo entre portugueses há um grande problema de desemprego. Só nos primeiros dois meses do ano, apareceram no Amadora-Sintra 150 casos em que teve que se chamar a assistente social. Há ainda os miúdos africanos que, ao abrigo de acordos, chegam aos hospitais pediátricos via embaixada, sem familiares a acompanhar, para fazer tratamentos, e que na altura da alta ficam internados porque não se encontram os pais. Nestes casos, o facto de as crianças não estarem legalizadas dificulta a sua ida para uma instituição de acolhimento. Este tipo de abandono nos hospitais, como classificam os próprios médicos, deve-se a questões sociais: os pais não podem ficar com os filhos, por falta de condições ou maus tratos, mas também não os dão para adopção. As crianças ficam meses e por vezes anos internadas nos hospitais, sobretudo por falta de vagas nas instituições para as acolher.

# posted by Luis Silva @ 7:07 da tarde


<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?